Ao Encontro da Memória de Sacramento

Por força de uma lei provincial n°1637, instituída em 13 de setembro de 1870, foi criado o município de Sacramento, festivamente instalado em 6 de Novembro de 1871, tendo como primeiro chefe do Poder Executivo Manoel Gonçalves de Araújo. Com essa instalação foi instituída a primeira Câmara Municipal, também presidida pelo chefe do Executivo.

Época esta, que o prefeito cumulava também as funções dos dois Poderes Municipais - Executivo e Legislativo. Essa associação de funções dava-se o nome de Agente do Executivo e Presidente da Câmara, modalidade que perdurou até o ano de 1931, quando foi instituído o Conselho Consultivo, através do decreto n°7, em 6 de abril, que nomeou também o primeiro prefeito de Sacramento - José Ribeiro de Oliveira


1871 a 1872

1° Agente do Executivo e Legislativo - Manoel Gonçalves de Araújo

Vereadores:

Francisco de Paula Oliveira França

Antônio Alves Moreira Júnior

Augusto Vieira

Antônio Cesário Vieira

Pe. Domigos José de Almeida

Ten. Cel. Joaquim José Lemos

Suplentes:

José Francisco Ferreira

Balduíno Francisco Viana

Carlos Nonato de Oliveira França

* Esta Câmara foi substituída em 1872, conforme ata de 2 de janeiro do mesmo ano.


1872 a1873

2° Agente do Executivo e Legislativo - Joaquim Rodrigues Braga

Vereadores:

Manoel José de Oliveira e Araújo

Manoel Gonçalves de Oliveira

Augusto Vieira

José Francisco Ferreira

Vicente de Paula Vieira

Padre Domingos José de Almeida

Suplentes:

Antônio Júlio da Silva

Bernardino Ferreira da Cunha

José Saturnino Júlio da Silva

Mariano Ferreira da Cunha

* Nesta gestão, Carlos Nonato de Oliveira França substituiu Vicente de Paula Vieira, nomeado Juiz de Paz. O capitão Joaquim Machado de Moraes e Castro assumiu a vaga do Padre Domingos José de Almeida que deixou o cargo para assumir como pároco da Freguesia do Espírito Santo da Forquilha – hoje Definópolis.


1873 a 1877

Pela primeira vez a Câmara foi constituída para mandato de quatro anos ( quadriênio), conforme ata de 7 de janeiro de 1873.

3° Agente do Executivo e Legislativo – Joaquim Rodrigues Braga

Vereadores:

Cap. Antônio Gonçalves Borges

Cap. Manoel da Silva Oliveira Araújo

Cap. Vicente de Paula Vieira

Francisco da Silveira Goulart

Cap. Joaquim Gonçalves de São Roque

Augusto César Ferreira e Souza

Suplente:

Antônio Gonçalves Borges Sobrinho

* Em 3 junho de 1876, a vila de Sacramento foi erguida à cidade, deixando de pertencer judicialmente à Vila de Paracatu do Príncipe, passando a figurar como termo na Comarca do Paraná – Uberaba.


1877 a 1880

4° Agente do Executivo e Legislativo – Augusto César Ferreira

Vereadores:

Francisco da Silveira Goulart

José Carlos de Figueiredo

José Francisco Ferreira

Maurício José Vieira

João Gonçalves Borges

Bernardo da Silveira

Suplente:

Antônio Gonçalves Borges Sobrinho

* A Lei nº 2500, de 12 de novembro de 1878, alterou a denominação da Comarca do Rio Paraná para Comarca de Uberaba, sob cuja administração, nesse dia, passou a pertencer à cidade de Sacramento.


1881 a 1885

5° Agente do Executivo e Legislativo – Benjamim Augusto Vieira

Vereadores:

João Gonçalves Borges

Antônio Alves Moreira Sobrinho

Cap. Vicente de Paula Vieira

Augusto César Ferreira de Souza

José Gonçalves Borges Filho

José Carlos de Figueiredo

Suplente:

José Joaquim Cordeiro da Paixão

* Impedido de exercer o cargo, por ser irmão e sogro de Benjamim Augusto Vieira, o capitão Vicente de Paula Vieira foi substituído por Joaquim Gonçalves de São Roque.


1885 a 1888

6° Agente do Executivo e Legislativo – Cap. Vicente de Paula Vieira

Vereadores:

João da Matta e Silva - vice-presidente

Francisco Luiz de Oliveira

Silvério Joaquim de Sant’ Ana

Antônio Gonçalves Borges Sobrinho

Antônio Teixeira Fernandes

Francisco da Silveira Goulart


1887 a 1890

7° Agente do Executivo e Legislativo – Augusto César Ferreira e Souza

Vereadores:

Carlos Nonato de Oliveira França – vice-presidente

Joaquim Machado de Moraes e Castro

João Gonçalves Borges

Florentino Moreira de Souza Rezende

Fideles José dos Santos

Antônio Vieira Pontes

Suplente:

Leopoldino Gonçalves Castanheira

* O primeiro Conselho de Intendência foi instalado em 1º de janeiro de 1890 e a posse aconteceu 23 dias depois, tendo como presidente Francisco Barbosa Lima e como conselheiros municipais Benardino Ferreira da Cunha e George Hermann Rodolfo Tormim, e como adjunto, Custódio Vieira.

Em 16 de Junho do mesmo ano, foram empossados os novos conselheiros de Intendência – escolhidos de acordo com portaria de 30 de maio de 1890.

Presidente da Câmara e Agente do Executivo: Barão da Rifaina – Vicente de Paula Vieira

Conselheiro:

Cap. Joaquim Rodrigues Braga

Suplentes:

Antônio Batista de Melo

Martin Ernesto França Leite

* Com a morte do conselheiro, Cap. Joaquim Rodrigues Braga, o primeiro suplente assumiu.

* Barão da Rifaina, natural de Queluz de Minas, chegou ao Desemboque como professor. Mais tarde, em Sacramento, como comerciante, tornou-se grande proprietário de terras, além de um dos prestigiosos chefes políticos, como representante do Partido Conservador.

Nesta época, foi agente do Executivo, presidente da Câmara Municipal e deputado na Assembléia Legislativa da Província de Minas Gerais, onde chegou a tomar parte da Mesa Administrativa, no cargo de primeiro secretário. Graças ao seu esforço político, em dia 27 de abril de 1891, instalou-se festivamente a ‘Comarca de Sacramento’.

É notória, também, a luta do Barão pela obtenção de novos acessos rodoviários e fluviais em outra regiões, reivindicando estradas e pontes. Através dele, foram abertos inúmeros portos no rio Grande, visando ao intercâmbio comercial com outras regiões.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­_________________________________________

Ata na íntegra

Auto da Instalação da Comarca de Sacramento

“Ano de nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo, de mil oitocentos e noventa e um, aos vinte e sete dias do mês do mês de abril do dito ano, nesta cidade do Sacramento, na Sala das Sessões de Intendência Municipal, presentes o doutor Antônio Chrispiniano Barbosa Freire, Juiz de Direito desta comarca, nomeado por decreto de três de março do corrente ano; o Promotor Público Joaquim Antônio Freire Franco, nomeado por portaria do Governador do Estado, de dezessete de março do ano próximo passado: ambos juramentados na forma da lei; presentes mais a intendência representada pelo Presidente Barão da Rifaina e mais membros Antônio Batista de Melo, Antônio José Lopes e Silvério José da Silva; as autoridades policiais Comendador Joaquim Machado de Moraes e Castro e delegado de polícia e seus suplentes; os suplentes do Juiz Municipal Capitão Benjamim Augusto Vieira, João da Silveira Goulart e Honório Gonçalves de Araújo, o subdelegado de polícia e seus suplentes; os Juízes de Paz; os Coletores Daniel Gonçalves Castanheira e Francisco da Silveira Goulart com seus escrivães, os escrivães deste foro e as principais famílias da Comarca. Pelo doutor juiz de Direito foi lido o decreto da sua nomeação e o telegrama do Governador de Estado designando o dia para a instalação da Comarca, dizendo em seguida que entrava em exercício do cargo com o Promotor Público e estava instalada a comarca, na forma do artigo 2.0 do decreto de 14 de fevereiro de 1877, pelo que felicitava aos habitantes desta Comarca, esperando encontrar em cada um deles um jurisdicondicionado, como até agora tem sido, respeitador da lei e autoridades legalmente constituídas. Em seguida o doutor Juiz de Direito, convidou as pessoas presentes a manifestarem o regozijo da população pelo fato da instalação da Comarca. Após falarem diversos cavalheiros, o doutor juiz de Direito, levantando um viva ao povo de Sacramento, ao Governador do Estado e ao Generalíssimo Presidente da República, mandou lavrar este auto que assinará e convidará a todas pessoas presentes para assinarem. Eu, Manoel Cassiano de Oliveira França, primeiro escrivão de ofício os que escrevi e assino”.

_________________________________________


1891 a 1894

Agente do Executivo e Legislativo – Dr. José Onofre Muniz Ribeiro

Vereadores:

João da Matta e Silva – vice-presidente

Emílio França – secretário

Manoel Fideles Borges

José Carlos de Figueiredo

José Martins de Melo Júnior

Hermôgenes Dumiense de Rezende

Antônio Augusto Vieira Lima

Bernardo Cupertino

Conselheiros:

Sebastião José da Silva – distrito de Sacramento

José Alves de Oliveira - distrito de S. Miguel Nova Ponte

Romualdo César França – Distrito do Desemboque

Suplentes:

Amprigio Fernandes de Oliveira

Juvêncio Bernardes da Silveira

Rvmo. Vigário Manoel Rodrigues da Paixão

Silvério José da Silva

* 1893 marcou a História de Sacramento. Neste ano, foi registrada a primeira renúncia. No dia 04 de julho de 1893, Dr. José Onofre renunciou ao cargo com os seguintes vereadores: João da Matta e Silva, Manoel Fideles Borges, Hermôgenes Domiense de Rezende, José Martim de Melo Júnior e Bernardo Cupertino.

Levando em conta o limitado tempo, sua ação administrativa foi progressista e dotou o município de um excelente código de posturas municipais.


1893 a1894

Agente do Executivo e Legislativo – Clemente Gonçalves de Araújo

Vereadores:

Antônio Augusto Vieira

Emílio França

Aprígio Fernandes de Oliveira

Juvêncio Bernardes da Silveira

Gerais:

Antônio Augusto Vieira Lima

José Afonso de Almeida

Manoel Fideles dos Santos

Hermógenes Ferreira da Cunha

José Ferreira Barbosa

Fugêncio Augusto de Barros Ribeiro

Suplentes:

José Alves Moreira Sobrinho

Angelino Pereira de Almeida

Joaquim Fernandes de Oliveira

Ildelfonso Gonçalves Castanheira

José Ferreira de Rezende

Manoel Fideles Borges

* Clemente Gonçalves de Araújo assumiu a Frente dos Poderes pelo prestígio mantido no município. Prestígio que se deu pela prática da medicina popular e da farmácia: uma pessoa abnegada e bondosa, que não visava lucros na prática de sua profissão. O mandato foi interrompido com a sua morte durante explosão de uma lata de álcool. O governo foi concluído pelo vice, Antônio Vieira Lima, eleito posteriormente para o triênio de 1895 a 1897.


1895 a1897

Agente do Executivo e Legislativo – Antônio Vieira Lima

Vereadores:

Emílio França

José Ferreira de Rezende

Manoel Fideles dos Santos

Aurélio Tupinambá

Hermógenes Ferreira da Cunha

Vereadores Especiais:

Ten. Cel. Benjamim Augusto Vieira – Sacramento

Antônio Soares Germano – Desemboque

Sérgio Marques da Silva – S.J.B.

* Antônio Augusto de Vieira Lima, natural de Queluz, era sobrinho do Barão da Rifaina. Genro de seu tio, o capitão Maurício Vieira, veio para Sacramento nos últimos tempos de Império ou nos primeiros anos da República. Ingressou na política, chegando aos cargos de Agente do Executivo e Presidência da Câmara.

Sua administração foi honesta e proveitosa, construindo os prédios da Prefeitura, do matadouro, sarjetamento de algumas ruas e iluminação a querosene da cidade.


1898 a 1900

Agente Executivo e Legislativo – Ten. Cel. Benjamim Augusto Vieira

Vereadores:

José Saturnino Júlio da Silva

Cel. José Ferreira Barbosa

Aurélio Tupinambá

José Rosa da Cunha

Américo Alves de Souza

Modestino Tormim da Paixão

Cândido Gonçalves Borges Sobrinho

Major Pedro Salviano Borges

* O Ten. Cel. Benjamim Augusto Vieira, natural de Queluz de Minas, era irmão e genro do Barão da Rifaina. Sempre pautou sua conduta política e particular dentro da linha do dever. Foi considerado um homem leal, inimigo da trapaça, mentira e negócios infundados, cultivava a verdade e seu crédito. Um digno representante da família Vieira, como fazendeiro foi um dos introdutores da colônia italiana em Sacramento. Com bons olhos, via o progresso e com entusiasmo os novos princípios.


1901 a 1904

Agente do Executivo e Legislativo – George Hermann Rodolfo Tormim e

Júlio Gonçalves Borges

Vereadores:

Lauro Rodrigues da Cunha

Joaquim Júlio da Silva

Antônio de Oliveira Maia

Tancredo França

João Monteiro Silva Júnior

Leopoldo Gonçalves de Araújo

João da Matta e Silva

Francisco Vilela de Andrade

Dr. José Onofre Muniz Ribeiro

* Em 1903, a Lei n° 375 suprimiu a Comarca de Sacramento reanexando-a à comarca de Uberaba. O fato se deu em virtude de não haver, na época, juiz nomeado para a Comarca de Sacramento.


1905 a 1921

Agente do Executivo e Legislativo – Cel. José Afonso de Almeida

1905 a 1907 /Vereadores:

Ten. Cel. George Hermann Rodolfo Tormim

Ten. Cel. Joaquim Pereira Goulart

Major Aurélio Lara

Cap. Joaquim Júlio da Silva

Antônio de Oliveira Maia

José Martins Borges

Idelfonso Gonçalves Castanheira

Eurípedes Barsanufo

Vereadores eleitos em 1° de novembro de 1907

Joaquim Júlio da Silva

Antônio Fideles Borges

Teófilo Vieira

José Martins Borges

Lúcio Raimundo do Prado Sobrinho

Miguel Borges Júnior

Orígenes Tormim

José Alves de Oliveira

Lafaiete de Oliveira Goulart

Eurípedes Barsanufo

Cosmo Martins de Oliveira

1912 a 1915/Vereadores:

José Martins Borges

Teófilo Vieira

Orígenes Tormim

Aristogiton França

Miguel Borges Júnior

Lúcio Raimundo do Prado Sobrinho

Antônio Fideles Borges

Joaquim Duarte Vilela – especial do Desemboque

Trajano César Castanheira – especial de São João Batista

José Jacob – especial de São Miguel de Nova Ponte

1916 a 1918 / Vereadores:

Orígenes Tormim

Teófilo Vieira

Lúcio Raimundo do Prado Sobrinho

José Pereira de Almeida

João Júlio dos Santos

Eulógio Natal

José Vigilato da Cunha

Antônio Paulino da Silva

Joaquim Pereira Goulart

João Gonçalves de Araújo

1919 a 1921/ Vereadores:

Teófilo Vieira

José Vigilato da Cunha

Dr. José da Cunha e Oliveira Júnior

João Júlio dos Santos

Cônego Julião Nunes

Carício Borges

Jerônimo Bernardes de Almeida

Joaquim Pereira Goulart

José Torquato de Souza

Eleitos em 1° de novembro de 1918

* Nesta gestão renunciaram: Dr. José da Cunha Oliveira Júnior, substituído por Leopoldo G. Araújo, e Joaquim Pereira Goulart, substituído por José Cândido de Paula.

* Natural de Araxá, o Coronel José Afonso de Almeida foi um dos mais notáveis Agentes Executivos que Sacramento teve. Durante suas cinco gestões seguidas levou Sacramento ao progresso. Progresso em todos os sentidos: social, educacional, econômico e jurídico. Ele abriu as portas de Sacramento para o desenvolvimento, tendo sido o responsável pelo surgimento de meios de transporte, escolas e usina hidrelétrica no município.


1922 a 1927

Agente do Executivo Legislativo – Cel. Franklin Vieira

Vereadores:

Adelino Vigilato da Cunha

João Gonçalves Borges

Alcides Vieira de Andrade

Cônego Julião Nunes

Antônio Bernardes de Melo

Virmondes Martins Borges

José Cândido de Paula

Josias Evangelista da Rocha

Antônio Rodrigues Nunes

Lúcio Raimundo do Prado Sobrinho

* Franklim Vieira foi também um chefe político notável. Suas ações não só valorizaram a cidade, como a construção do jardim da praça Matriz, hoje praça Getúlio Vargas, como também conseguiram garantir à Câmara elevada importância de ordem administrativa, política e moral.



1927 a 1930

Agente do Executivo e Legislativo – Júlio Gonçalves Borges

Vereadores:

Cônego Julião Nunes

Joaquim Duarte Vilela

César Castanheira

Eulógio Natal

Franklin Vieira

Eduardo Bernardes de Melo

Joaquim Borges júnior

Amâncio Ribeiro de Rezende

José Torquato de Souza

* Último Agente do Executivo Municipal e Presidente da Câmara, eleito no dia 17de abril de 1927, espelhou sua gestão no pensamento do então Presidente da República, Washington Luiz. Dentro do conceito de que “boas preocupações para o administrador eram voltar suas atenções para as boas estradas”, assim o fez, abrindo um grande número de novas estradas no município, reparando as antigas então existentes e aprimorando a canalização de água da cidade. Sempre esteve voltado para a política, amparada e guiada pelo seu compadre Dr. Antônio Carlos, à época presidente de Minas. Surpreendido na revolução de 30 pelo acúmulo de função – Agente Executivo e Presidente da Câmara – foi deposto pelo movimento vitorioso.


1931 a 1946

Dissolvida a Câmara com o advento de 3 de outubro de 1930, foi instalado o Conselho Consultivo, em 10 de abril de 1931, e eleito o primeiro prefeito de Sacramento, de acordo com decreto n°07 de 6 de abril de 1931.

1° Prefeito – Dr. José Ribeiro de Oliveira

Como interventor do município, governou de 1931 a 1934. Em 1934 foi Prefeito Constitucional, assim permanecendo até 10 de novembro de 1937 quando, em conseqüência da instauração do novo regime – Estado Novo, foi mantido no cargo pelo Governador do Estado até 1946.

Membros Conselho Consultivo:

Arimond Goulart

Meneval Lima

Padre Pedro Ludovico de Santa Cruz

Manoel Soares

Carlos Fernandes de Almeida

* De acordo com decreto Federal 20.348, de 2 de fevereiro de 1931, do presidente do Estado, por ato de 20 de fevereiro de 1932, ficou assim constituído o Conselho Consultivo:

Ângelo Crema

Arimond Goulart

Manoel Soares

Meneval Lima

Carlos Fernandes de Almeida

Em dia 15 de agosto de 1934 foram nomeados:

Homilton Wilson

César Castanheira

* Em 28 de novembro de 1936 foi eleita e instalada a Câmara Municipal, mas em 10 de novembro de 1937 acabou extinta. Na época, era implantado o ‘Regime Ditatorial Getúlio Vargas’ no País, sendo nomeado o prefeito Dr. José Ribeiro de Oliveira.

Vereadores

Ângelo Crema – 1° secretário

Lucas José Pereira – 2° secretário

Meneval Lima

Manoel Soares

Cônego Julião Nunes

Eduardo Bernardes de Melo

José Torquato de Souza

Carlos Fernandes de Almeida

Teodoro Nunes de Oliveira

José Ribeiro da Silva


1946

Convocadas Eleições Gerais Constituintes, assumiu a Prefeitura, em dia 2 de dezembro de 1947, José Valadares da Fonseca, ao lado do vice, Asyncrito Natal.

Vereadores:

Dr. Paulo da Graça Lima – Presidente

José Resende da Cunha – Vice-presidente

Alberto Marques Borges

Dr. Felipe da Costa Vieira – Secretário

Antenor Ferreira Goulart

Ângelo Crema
Aristofero Mendes do Nascimento

Francisco Tavares Vilas Boas

Dr. Clemente Vieira de Araújo

Eduardo Bernardes de Melo

João Augusto Mendes

* Dr. José Valadares da Fonseca não nasceu em Sacramento, mas muito fez em seu governo pela cidade. Destacaram-se a reforma na Usina Hidrelétrica Cajuru, que melhorou toda iluminação pública da cidade, a educação à zona rural e o incremento à saúde pública.


1947

Dr. Cláudio Afonso de Almeida, natural de Sacramento, advogado e chefe político durante longos anos na cidade, exerceu a função de prefeito de Sacramento durante seis meses, na fase compreendida entre o fim da Ditadura Vargas e a redemocratização do País (1946/1947). Exerceu o mandato na condição de Interventor nomeado pelo Governo de Minas. Sua gestão teve como traço marcante a reorganização burocrática da Administração Municipal para conviver com a democracia, destacando sua ação voltada para o apoio ao funcionalismo.


1951 a 1954

Em 31 de janeiro de 1951, o médico João Cordeiro, assume a Prefeitura, tendo como vice Dr. Hermócrates Corrêia.

Vereadores:

Dr. Paulo da Graça Lima - Presidente

Ângelo Crema – Vice – Presidente

Paulo Afonso de C. Borges – Secretário

José Ribeiro de Oliveira

José Ferreira de Resende

Mário Bittar

Geraldo Crema

Ariovaldo Alves Figueiredo

Guilherme Scalon

Dr. Clemente Vieira de Araújo

Oswaldino Martins de Oliveira

* Dr. João Cordeiro foi o primeiro Chefe do Executivo Municipal a se preocupar, verdadeiramente, com o bem-estar físico e mental da população. Não mediu esforços para construir o Estádio de Futebol Dr. João Cordeiro, doou terrenos e construiu a Praça de Esportes, hoje Sacramento Tênis Clube. Na área da educação, aumentou o número de salas de aulas do ginásio – E.E. Cel. José Afonso de Almeida. Construiu um reservatório de água para sanar problemas de abastecimento do bairro Rosário e na área urbanística, abriu, alargou e calçou diversas ruas de Sacramento.


1955 a 1958

No dia 5 de fevereiro de 1955 - Dr. Clemente Vieira de Araújo, assumiu como Chefe Executivo de Sacramento, tendo como vice Guilherme Scalon.

Vereadores:

Dr. José Valadares da Fonseca – Presidente

Leônidas Afonso Primo – Vice – Presidente

Inácio Loiola – Secretário

Asyncrito Natal

Ferrucio Bonatti

Dr. José Ribeiro de Oliveira

Antônio Ribeiro de Lima Dr. Paulo da Graça Lima

Dr. Cláudio de Afonso de Almeida

Dr. Felipe Venites

José Assunção e Souza

* Dr. Paulo da Graça Lima foi substituído por Genésio Carneiro da Cunha e José Assunção e Souza por Sebastião de Souza.

** Dr. Clemente Vieira de Araújo nasceu em Sacramento, sendo neto materno de Barão da Rifaina e neto paterno do Tenente Manoel Gonçalves de Araújo, dois grandes políticos e benfeitores de Sacramento. O neto seguiu o exemplo dos avôs. Seu governo foi marcado por grandes obras e benfeitorias. Em 1° de maio de 1959, por motivo de saúde, se afastou do cargo e foi substituído pelo seu vice, Guilherme Scalon.



1959 a 1962

José Sebastião de Almeida foi empossado prefeito em 1° de fevereiro de 1959 e Ferrucio Bonatti, assumiu como vice.

Vereadores:

Dr. Felipe Venites - Presidente

Dr. Djalma A. do Prado – Vice – Presidente

Dr. Cláudio de A . de Almeida – Secretário

Genésio Carneiro da Cunha

José Assunção de Souza

José Pinto Valada

Dr. Ermócrates Corrêa

Azis Antônio dos Santos

José Afonso Borges

Guilherme Scalon

*Avenor Teixeira de Carvalho renunciou, sendo substituído por Fozo R. Maluf. Também foi substituído José Assunção de Souza por Geraldo Crema.

* A ação governamental de José Sebastião de Almeida foi destaque em várias frentes. Na educacional, oficializou a “Escola Normal de Sacramento”. Foi ele, também, quem doou área para a construção do Seminário do Santíssimo Redentor.


1963 a 1964

Ao lado de Hugo Rodrigues da Cunha, como seu vice, Dr. José Zago Filho, tomou posse como prefeito no dia 31 de janeiro de 1963.

Vereadores:

Geraldo Gomes de Menezes – Presidente

Dr. Valter Fonseca - Vice – Presidente

Dr. Djalma Afonso do Prado – Secretário

Jamil Salim Leme

Sérgio Antônio Rezende

José Artur Barbosa Afonso

Dr. Hermócrates Corrêa

Aziz Antônio dos Santos

José Alberto Bernardes Borges

Olavo José de Oliveira

Hidelberto Júlio Castanheira

* O Dr. Felipe Venites assumiu a vaga do vereador Geraldo Gomes de Menezes, após sua renúncia. O médico Djalma Afonso do Prado, morreu antes do cumprimento do mandato e sua cadeira foi assumida pelo suplente Genésio Carneiro da Cunha. A Secretaria da Câmara ficou com Hermócrates Corrêa.

* A administração de Dr. José Zago Filho, marcou a História, responsável pelo progresso de Sacramento. Exemplo disso foi a chegada da CEMIG, sanando problemas de eletricidade. Em 30 de Junho de 1964, o prefeito licenciou-se por seis meses. Vencido o prazo, após negativa de prorrogação por parte da Câmara, renunciou ao mandato no dia 13 de janeiro de 1965, sendo substituído pelo seu vice – Hugo Rodrigues da Cunha.


1967 a 1970

Assumindo novo mandato José Sebastião de Almeida, teve Langerton Feliciano de Deus como vice.

Vereadores:

Dr. Hermócrates Corrêa – Presidente

Walter Fonseca – Vice-Presidente

Dr. José Artur Barbosa Afonso – Secretário

Genésio Carneiro da Cunha

Hidelberto Júnior Castanheira

Gilberto Bonatti

Dr. José Ribeiro de Oliveira

João Rodrigues

Clanter Scalon

Arnaldo Zandonaide

Luiz Antônio Afonso

* Entre suas obras, neste segundo mandato, destacaram-se 4 mil m² de calçamento em paralelepípedos e a construção da ponte sobre o rio Araguari – ligação para o município de Tapira.


1971 a 1972

Em 31 de Janeiro de 1971, José Alberto Bernardes Borges, assumiu a prefeitura de Sacramento, ao lado de Elvani Oliveira Pavanelli.

Vereadores:

Luiz Antônio Afonso – Presidente

Dr. José Rosa Camilo

Vani Ramos

Dr. Luiz Heriez Bonatti

Walder Gonçalves de Araújo

Dr. Antônio Carlos Cruvinel

Genésio Carneiro da Cunha

Heliodoro Garcia de Resende

Antônio Carvalho

* Jovem e dinâmico, José Alberto Bernardes Borges, marcou sua Administração por obras arquitetônicas, como a construção do Museu de Sacramento e a Casa da Cultura.


1973 a 1976

No dia 31 de Janeiro de 1973, Hugo Rodrigues da Cunha assume seu segundo mandato como chefe do Executivo Municipal, tendo Herculano de Almeida como vice.

Vereadores:

Dr. José Artur Barbosa Afonso - Presidente

Genésio Carneiro da Silva

Dr. José Rosa Camilo - Presidente - 1976

Mário Antônio de Almeida

Vani Ramos

João Magnabosco

Dr. Hermocrates Corrêa

Dr. Hidelberto Júlio Castanheira

Dr. Antônio Carlos Cruvinel

Dr. José Loiola

Dr. Dalmo Scalon

* O segundo governo de Hugo Rodrigues da Cunha, deu ênfase ao setor educacional e cultural. Neste período foi construída a Escola municipal Maria Crema Marzola e várias outras na zona rural, além de promovidas benfeitorias na Gruta dos Palhares (novas piscinas, vestiários e restaurante). Durante a sua gestão o município foi elevado ao 47° lugar no ranking dos municípios mais desenvolvidos do Estado.


1977 a 1982

Para seu segundo mandato, em 31 de Janeiro de 1977, José Alberto Bernardes Borges foi empossado prefeito de Sacramento e como vice, o advogado Luiz Rodrigues de Souza.

Vereadores:

Dr. José Rosa Camilo – Vice - Presidente

Luiz Antônio Afonso

Vani Ramos - Secretário

Genésio Carneiro da Cunha

João Magnabosco

Dr. Hermocrates Corrêa - Presidente

Dora Cerchi

Heliodoro Garcia de Rezende

João Bosco Araújo

Walmor Júlio Silva

Aziz Antônio dos Santos

* O vereador João Bosco de Araújo licenciou-se por um ano, período em que Luiz Devós assumiu como suplente.

*Durante cinco meses – 01 de agosto até 31 de dezembro de 1978, o vice, Luiz Rodrigues de Souza, respondeu pela Prefeitura.

* O Jovem prefeito, José Alberto Bernardes Borges, governou o município por mais seis anos, aumentado, assim, sua popularidade e seguindo seus compromissos de campanha. Ao longo destes anos promoveu uma Administração, a exemplo da anterior, marcada por obras.


1983 a 1988

Em 15 de novembro de 1982, com 3066 votos, Luiz Magnabosco foi eleito Prefeito Municipal de Sacramento. Como vice, Mário Antônio de Almeida.

Vereadores:

Amir Salomão Jacob

Heliodoro Garcia de Rezende

Jeremias Afonso Moreira

Jeremias Ribeiro de Faria

João Bosco Martins

João Magnabosco – Presidente 83/84

José Rosa Camilo – Presidente 85/86

José Luiz da Matta – Presidente 87/88

José Sebastião de Rezende

Maurílio Juvêncio Bizinoto

Paulo de Tarso Natal Fonseca

* João Bosco Martins licencia-se para assumir cargo junto à Secretaria de Administração do Estado. Como suplente, Genésio Carneiro da Cunha assume até agosto de 1987, quando João Bosco Martins reassume o cargo.

* Graças à visão de progresso de Luiz Magnabosco, Sacramento transformou-se e ampliou-se. Todas as áreas foram bem assistidas, mas o destaque foi o esporte. Pela primeira vez um prefeito apoiou de forma aberta o esporte municipal. Luiz Magnabosco foi pioneiro ao garantir para Sacramento o primeiro JIMI (Jogos do Interior de Minas).


1989 a 1992

Vereadores:

Aziz Antônio dos Santos - Presidente

Rinaldo de Souza Crema

João Jarnaldo de Araújo - Presidente -1991/92

Amir Salomão Jacób

Ivone Regina Silva

Atílio César Cervato

João Bosco Martins

João Magnabosco 

Maurílio Juvencio Bizinoto

Eurípedes Martins da Silveira

Júlio Gaspar Jerônimo

Cleber Rosa da Cunha

Heliodoro Garcia de Rezende


1993 a 1997

Em janeiro de 1989 foi empossado Prefeito Municipal de Sacramento, Joaquim Rosa Pinheiro, tendo José Carlos Rodrigues Borges como vice.

Vereadores:

Dr. Ivone Regina Silva – Presidente - 1995/96

Joel Bueno Bitoni

Mário Guarato

Dr. Wesley De Santi de Melo

Carlos Alberto Cerchi

Cleber Rosa da Cunha

Heliodoro Garcia de Rezende

João Bosco Martins

José Humberto Gonçalves

Dr. Júlio Gaspar Jerônimo - Presidente -1993/94

Maurílio Juvêncio Bizinoto

Roberto de Lurdes

Ronaldo Bizinotto Ribeiro

* O governo de Joaquim Rosa Pinheiro, destacou-se nas ações voltadas para educação e saúde, contemplando a cidade e a zona rural.



1997 a 2000

O médico Nobuhiro Karashima assumiu a Prefeitura em de janeiro de 1997 ao lado do vice, Lemir Feliciano de Deus.

Vereadores:

Carlos Alberto Cerchi – Presidente - 97/98

Heliodoro Garcia de Rezende – vice-presidente – 97/98

Ronaldo Bizinotto – 1° Secretário – 97/98 e Vice - Presidente - 98/00

Mário Guarato – 2° Secretário – 97/98

Maurílio Juvêncio Bizinoto – Presidente – 98/00

Marcos Jerônimo Borges – 1° Secretário – 98/00

Marcos dos Santos Pires – 2° Secretário – 98/00

Álvaro Gomes Mateus

Dr. Ivone Regina Silva

Joana da Graça Gonçalves e Faria

Humberto Gonçalves

Dr. Wesley De Santi de Melo

* Pela primeira vez a esquerda, através do PT, assumia o poder no Executivo Municipal de Sacramento. Nobuhiro governou por dois mandatos e ao longo dos oito anos, destacou-se o Projeto Habitacional Cajuru, reduzindo o déficit habitacional no município e garantindo prêmios, entre eles o “ Tecnologia Social”, da Fundação Banco do Brasil.


2001 a 2004

Nobuhiro Karashima é reeleito Prefeito Municipal, tendo Celso de Almeida Bizinoto como vice.

Vereadores:

DR. Wesley De Santi de Melo – Presidente – 01/02

Hilma Terezinha N. e Fonseca – Vice – presidente - 01/02

José Carlos Basso De Santi Vieira – 1° Secretário- 01/02

Ronaldo Bizinotto – 2° Secretário - 01/02

Hilma Terezinha N. e Fonseca – Presidente – 03/04

Dr. Cacildo Duarte Bonati – vice- presidente - 03/04

Cibele Magnabosco – 1° Secretária - 03/04

Jayme Abdala – 2° Secretário - 03/04

Cleber Rosa da Cunha

Heliodoro Garcia de Rezende

Joana da Graça Gonçalves e Faria

Luiz Antônio Sinhorelli

Marcos dos Santos Pires

* Em 2002, o vereador José Carlos Basso De Santi Vieira renunciou ao cargo de 1° Secretário da Mesa Diretora, assumindo Ronaldo Bizinotto Ribeiro.


2005 a 2008

Em janeiro deste ano Joaquim Rosa Pinheiro, retorna ao comando da cidade e inicia seu segundo mandato como prefeito tendo como vice, o médico Pedro Teodoro Rodrigues Rezende.

Vereadores:

Dr. Bruno Scalon Cordeiro – Presidente

Dr. José Maria Sobrinho – Vice – Presidente

Dr. Aristócles Borges da Matta – 1° Secretário

Hélio Nunes Aguiar – 2° Secretário

Luiz Constantino Bizinoto

Luiz Antônio Sinhorelli

Dr. José Carlos Basso De Santi Vieira

Marcos Jerônimo Borges

Alex Vinício Bovi

* O vereador Marcos Santos Pires, a pedido, afastou-se do cargo para assumir a Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Cidadania e na condição de 1° suplente, Joana da Graça Gonçalves e Faria é empossada, mas também opta pelo afastamento para continuar como secretária municipal de Educação. A cadeira é ocupada pelo 2°suplente, José Maria Sobrinho.



2009 a 2012

O ex-vereador Dr. Wesley De Santi de Melo assumiu a Prefeitura em Janeiro de 2009, tendo como vice, Pedro Teodoro Rodrigues de Resende.


Vereadores:


Alex Vinicio Bovi - Vice-Presidente (2011-2012)
Dr. Bruno Scalon Cordeiro
Prof. Carlos Alberto Cerchi - Presidente (2009-2010)
Danylo Gonçalves Silva - 1º Secretário (2009-2010) e 2º Secretário (2011-2012)
José Américo Oliveira - 2º Secretário (2009-2010)
Dr. José Carlos Basso De Santi Vieira
Dr. José Maria Sobrinho - Presidente (2011-2012)
Luiz Antonio Sinhoreli - Vice-Presidente (2009-2010) e 1º Secretário (2011-2012)
Marcelino Marra Batista              



2013 a 2016
O ex-vereador Dr. Bruno Scalon Cordeiro é eleito o novo prefeito da cidade.
Assumiu a Prefeitura em Janeiro de 2013, tendo como vice, Prof. Geraldo

Vereadores:

Cleber Rosa da Cunha
Dr. José Maria Sobrinho - Presidente(2013-2014)
Leandro Roberto de Araújo - 2º Secretário (2013-2014)/ 1º Secretário (2015-2016)
Luiz Alberto da Silva - 1º Secretário (2013-2014)/ 2º Secretário (2015-2016)
Márcio Luiz de Freitas
Mateus de Paula Pereira - Vice-Presidente (2013-2014)/Presidente (2015-2016)
Matheus Fonseca Bizinoto
Dr. Pedro Teodoro Rodrigues de Resende
Dr. Rafael Scalon Cordeiro - Vice-Presidente (2015-2016)